Júlio César prepara-se para fazer a estreia como dono da baliza do Benfica algo que, segundo Maniche, já devia ter acontecido no encontro com o Sporting, na última jornada do campeonato.

«Os jogadores passam por momentos menos bons e é isso que se está a acontecer com o Artur. Nesse jogo notou-se mais a desconfiança que existe ao seu redor. Ele próprio não se sente confortável ao ser apontado como culpado pelo que se passa. E notou-se a intranquilidade, não só pelo golo, como pelo jogo em si. No jogo contra o Sporting devia ter sido protegido, ao colocar de imediato o Júlio César. Ficavam assim com dois guarda-redes disponíveis», disse Maniche em declarações à Antena 1.

O antigo internacional português, formado nas escolas do Benfica, elogiou ainda Júlio César, com quem jogou no Inter de Milão: «É de louvar que venha para Portugal, jogadores com a grandeza dele querem ir para ligas superiores. Veio para Portugal, para um clube importante a nível europeu e tem tudo para dar certo. É um excelente guarda-redes e, pelo que conheci dele, uma excelente pessoa e um profissional exímio.»