Pelo segundo ano consecutivo, o Bayern Munique defronta uma equipa portuguesa na Liga dos Campeões. No ano passado, os bávaros eliminaram o FC Porto, depois de uma derrota por 3-1, no Dragão, e de uma vitória por 6-1, em Munique.

Este ano foi o Benfica que calhou em sorte ao Bayern nos quartos de final da Liga dos Campeões, no entanto, Phillip Lahm rejeita qualquer comparação entre o Benfica e FC Porto

“Esses dois jogos [com o FC Porto] não têm importância nenhuma. Benfica e FC Porto são duas equipas muito diferentes, com sistemas muito diferentes. As equipas não são comparáveis e não podemos tirar conclusões daquilo que aconteceu a época passada para os jogos deste ano frente ao Benfica”, referiu o capitão da formação germânica em declarações ao site zerozero.

Lahm não espera facilidades nesta altura da prova e destaca um jogador da equipa ‘encarnada’.

“Nos quartos de final da Liga dos Campeões não há adversários fáceis. O Benfica tem uma grande tradição, uma equipa compacta com qualidades ofensivas muito fortes e são extremamente rápidos e fortes no contra ataque. Não podemos subestimar o Benfica de maneira nenhuma”, acrescentou.

“O Jonas está a fazer uma época extraordinária, mas o Benfica é, no geral, muito forte no aspeto ofensivo. Vamos ter que nos preocupar com todos os avançados e não apenas com Jonas”, concluiu.


A recepção dos adeptos, à equipa do SL Benfica por 1904s_slb