Luís Filipe Vieira marcou presença na inauguração da nova imagem da Casa de Ansião, onde deixou um discurso com avisos para dentro e fora do clube.

O presidente ‘encarnado’ recorda que, há 14 anos, o Benfica era um “clube endividado, com o prestígio europeu perdido, sem infraestruturas e sem reconhecimento internacional”, enquanto que “o Benfica de hoje é um clube admirado e seguido pela inovação e pela modernidade”.

A seis jornadas do final do campeonato, Luís Filipe Vieira regozijou-se pela época levada a cabo pelo Benfica, mas avisa que “a euforia é dispensável”.

“Temos de vestir o fato de macaco e encarar cada jogo como se dele dependesse o nosso futuro. E depende, de facto. Vamos ter de ganhar em campo e estar sempre preparados para as situações mais absurdas, para os cenários mais improváveis, porque, acreditem, já aconteceram e vão continuar a acontecer. Temos de ganhar dentro do campo e resistir fora dele”, apelou.

Sem se referir diretamente a Jorge Jesus, o presidente do Benfica diz estar orgulhoso “por ver jovens da equipa B provarem na equipa A o seu valor e a qualidade da nossa formação. Orgulho por ter um treinador que dá oportunidades a esses jovens. No futebol vale a pena ter projetos de médio e longo prazo. Afinal, a aposta no Seixal tinha sentido e razão de ser”.

Fica aqui ainda o video de motivação que a RTP fez para a segunda mão da liga dos Campeões!!


Champions promoção RTP por 1904s_slb